top of page

Ganhando experiência: Confraria do Clube do Wrangler e Boteco Seu Pietro


Seu Pietro

Quando eu resolvi entrar no ramo de fotografia de alimentos e comecei a formatar o negócio, uma das primeiras decisões que eu tomei foi a de, enquanto organizava outros detalhes do negócio, pedir a amigos para fotografar seus pratos e cozinhas. Assim, eu esperava conseguir duas coisas: primeiro, aprender técnicas, viver diversos tipos de situações e testar a minha capacidade de resolver problemas sem a responsabilidade de ter um cliente pagando; e segundo, ter imagens para montar um portfólio consistente. Duas das experiências que eu tive até agora foram bem caóticas, e me ensinaram muitas coisas.

Primeiro, fui a dois encontros da Confraria do Clube do Wrangler da Bahia: um grupo de amigos jipeiros que se junta para cozinhar belos pratos para suas famílias. O que acontecia era que quando saia um prato, eu tinha que fotografar rápido. No máximo, tinha uma janela de 2 a 3 minutos para fazer ajustes na montagem do prato, posicionar, organizar a cena com alguns utensílios que estivessem à mão, fotografar, corrigir, fotografar de novo…. e isso no meio de gente que queria experimentar logo o prato, e não entendia muito bem por que eu estava ali fotografando. Então, entre piadinhas, interferências, palpites, gente querendo ver as fotos e até reclamações diretas mesmo, eu tinha que me virar pra conseguir boas imagens. Como eu estava relaxado, sem obrigação de entregar um produto para um cliente no final, acabou sendo uma experiência ótima, que rendeu boas risadas e principalmente, fotos lindíssimas.

Ok... Essa foto foi montada....
Vinagrete de Lagosta
Antepasto com pães variados
Fetuccine de Camarões

A segunda experiência foi no boteco Seu Pietro. Pedi a meu amigo Maurício Silveira, que é o dono e chef para fazer as fotos, cedendo a ele as fotos depois para ele usar na divulgação, cardápio, etc. Expliquei a ele que o ideal seria preparar os pratos especificamente para as fotos, com o bar fechado, que eu precisaria de algum tempo com o prato à minha disposição, que não funciona bem fazer as fotos dos pratos pedidos pelos clientes durante o funcionamento da casa. Tudo certo, tudo bem entendido, só que ele disse que não dava pra ser assim, e acabamos combinando de fazer as fotos durante o funcionamento do boteco, numa noite de quinta. A boa notícia era que eu poderia ter alguns pratos durante um tempo pra trabalhar, pois ele iria fazer os pratos mais bacanas para oferecer aos músicos e alguns outros amigos, e eles estariam avisados que eu iria fotografar os pratos antes de servir. Na teoria, parecia que ia funcionar, só que acabou não sendo tão simples assim, pois a casa estava bem cheia. Então, eu tive que improvisar: fui fazendo fotos do ambiente e da banda, e ficava atento à cozinha. Na hora que eu via um prato chegar ao balcão, corria pra lá pra tentar fotografar antes do garçon levar à mesa. Era uma loucura, pois a luz do salão era de um jeito e a da cozinha era de outro; não dava pra ficar levando o tripé pra lá e pra cá, então o tripé ficava no salão, e na cozinha eu subia o iso pra conseguir fazer a foto com velocidade suficiente e não tremer a imagem; além disso, logicamente, eu não tocava nos pratos. Do jeito que eles estavam no balcão, eu fotografava. Depois que a banda acabou de tocar, eu até consegui ficar um tempo com os pratos dos músicos pra fazer as fotos com uma certa calma, mas até então, foi nessa loucura de lá pra cá caçando as imagens…

Som rolando com direito a um pastel de feijoada no Boteco Seu Pietro
Arroz de Rabada no balcão
Detalhe da cozinha do Seu Pietro
Cervejinha e Bossa Nova

O melhor dessas duas experiências foi ver que, mesmo com condições longe do ideal e sob pressão, eu consegui transformar a adrenalina em boas fotos. Foram experiências muito gratificantes que eu vou levar comigo sempre, e por elas eu deixo o agradecimento aqui turma do Clube do Wrangler e do Boteco Seu Pietro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page